Área do paciente

O que é anestesia?

Anestesia é o estado de total ausência de dor e outras sensações durante uma cirurgia, exame diagnóstico ou curativo. Ela pode ser geral, isto é, para o corpo todo; ou parcial , também chamada de regional, quando apenas uma região do corpo é anestesiada. Sob o efeito de uma anestesia geral, você dorme. Com a anestesia regional, você pode ficar dormindo ou acordado, conforme a conveniência , embora parte do seu corpo fique anestesiada. A anestesia dura o tempo necessário para que o cirurgião faça seu trabalho.

Quem aplica a anestesia?

A anestesia é aplicada por médicos especialistas, que cursaram seis anos de medicina e mais três anos de curso de especialização. Estes médicos não só aplicam a anestesia, como também cuidam de você durante toda a operação (controle da pressão arterial, do pulso, do ritmo cardíaco, respiração e temperatura). Cuidam de tudo para que o cirurgião possa fazer o seu trabalho com tranquilidade. O anestesiologista é o verdadeiro guardião de sua vida durante e logo após a operação. Estará ao seu lado, durante todo o tempo da cirurgia, exclusivamente para cuidar de você, mesmo que você não perceba ou não se lembre depois da anestesia.

Quem esclarece você sobre a anestesia?

Seu médico já deve ter conversado sobre anestesia com você. Porém, somente na consulta com o anestesista é que todos os esclarecimentos serão feitos, mediante a leitura e assinatura do consentimento esclarecido para anestesia. Não aceite qualquer informação de pessoas não especializadas. Existem muitas fantasias e desinformações sobre a anestesia.

A anestesia tem riscos?

Os padrões de qualidade e segurança e a tecnologia avançada dos equipamentos e medicamentos aliados a capacitação dos médicos anestesiologistas, tornam raras as complicações anestésicas. Evidentemente, como qualquer outro procedimento médico, existem fatores de risco, algumas vezes imponderáveis, que impedem que o risco seja igual a zero. Estes riscos podem ser decorrentes não apenas da anestesia, mas também da cirurgia e da condição clinica do paciente. Podem ocorrer complicações respiratórias (falta de ar, queda da oxigenação do sangue) , cardiovasculares (queda da pressão e arritmias cardíacas) e reações alérgicas. Entretanto, os anestesiologistas são profissionais habilitados no manejo dessas intercorrências.

A anestesia tem custo?

É importante que o paciente saiba que o valor do honorário do médico anestesiologista depende da complexidade e duração do procedimento e não está vinculado a conta hospitalar e nem aos honorários do cirurgião. Se o paciente possui convênio pode verificar as regras, exceções e condições em relação ao pagamento dos honorários da anestesia. É recomendável que o paciente se informe antecipadamente, pois existem divergências na forma de cobertura destes honorários pelos convênios. Existem situações em que o paciente, mesmo internado pelo convênio , não tem cobertura da anestesia.